VIAGENS E IMAGENS 

images/navbar1x4.gif

 HOME  |  DESTINOS  |  QUEM SOMOS  |  CONTATO  |  DICAS
 
Principais destinos:
Belém
São Luis
Fortaleza
Natal
João Pessoa
Recife
Maceió
Aracaju
Salvador
Rio de Janeiro
São Paulo
Curitiba
Florianópolis
Porto Alegre
Belo Horizonte
Palmas
Brasília
Porto Velho
Vitoria e Vila Velha
Manaus
Boa Vista
 
Destinos Nacionais
 
Destinos Internacionais
 
Destino dos sonhos
 
Roteiros
 
Bate e Volta
 
Página inicial
 


                                         CAROLINA                                        

 
 

A cidade de Carolina, no sul do Maranhão e próxima à divisa com o Tocantins, é o ponto de partida para a aventura em meio a cenários surpreendentes. A partir da cidadezinha bucólica se chega a cachoeiras e formações rochosas que parecem feitas a mão. 
Santuário da Pedra Caída tem três quedas d'água, sendo que a principal despenca de uma altura de 46 metros, em meio ao cânion

Assim é o Parque Nacional da Chapada das Mesas, um misto de sertão, bosques de buritizais, quedas d´água, cânions, cerrado... explorados através de estradas de terra e carros 4x4, um lugar perfeito para quem gosta de caminhadas, rafting, rapel e outras atividades radicais.
Para conhecer os recantos da reserva criada em 2005, é preciso contratar os serviços das agências de turismo - quase tudo fica longe e tem acesso precário - que oferecem carro e guia rumo aos muitos poços e cachoeiras. No caminho, as atrações são as formações rochosas esculpidas pelo vento e pela chuva e que, sim, lembram mesas de vários tamanhos e formatos. 
Um dos cartões-postais da região é o Santuário da Pedra Caída, um "complexo" com três quedas d'água, sendo que a principal despenca de uma altura de 46 metros. A emoção fica por conta da caminhada por dentro de um cânion de 300 metros, para apreciar e mergulhar no poço que se forma lá embaixo. O acesso inclui ainda caminhada pelo rio e por rampas de madeira suspensas. Ah, e é possível fazer rapel e tirolesa por ali!
A beleza - porém, com menos adrenalina - está garantida também no Poço Azul e no Encanto Azul, dois poços com águas cristalinas; e nas cachoeiras Santa Bárbara (76 metros de queda), São Romão (22 metros de altura e 33 metros de largura), Prata (26 metros)... E para quem faz questão de apreciar tudo de cima, a dica é subir o Morro do Chapéu, a 378 metros de altitude. Mas preparação é fundamental: o trekking é feito em rocha arenítica, o que exige habilidade e experiência. 
Para curti o pôr do sol, siga para o Portal da Chapada, uma atração de acesso bem fácil, ao lado da estrada de asfalto. Uma trilha leva ao alto do morro, onde há uma abertura na rocha, de frente para o Morro do Chapéu. O cenário é perfeito para apreciar o visual e fazer belas fotos.
Quem gosta de desafios e contato de primeiro grau com a natureza vai se sentir em casa. Cachoeiras, trilhas ecológicas e mergulhos em rios de águas cristalinas estão entre as alternativas de passeio. Mas vamos por partes: chegando em Carolina, o ideal é organizar imediatamente um passeio a Pedra Caída, a cachoeira que reina absoluta na região. O lugar é fascinante e conta com estrutura (bar, restaurante), para um dia inteiro de diversão. São Romão, Prata e Itapecurizinho são outras cachoeiras que merecem uma visita, principalmente para amantes de esportes radicais, como o rappel, que começa a ser praticado na região. Caminhadas ecológicas em trilhas através dos cerrados (vegetação típica da Chapada, equivalente às savanas africanas) e banhos em rios são indispensáveis.
Cachoeiras, trilhas ecológicas, belas paisagens. São inúmeras as surpresas que uma viagem à Chapada das Mesas pode revelar ao viajante. As principais cidades do pólo são Imperatriz, Carolina e Riachão, circundadas por um mundo mágico e grandioso.
 

  

  

  

 

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

 

Todas as fotos deste site  são de autoria de Antonio Alberto Q. Castro (Cidade de Tucuruí).