VIAGENS E IMAGENS 

images/navbar1x4.gif

 HOME  |  DESTINOS  |  QUEM SOMOS  |  CONTATO  |  DICAS
 
Principais destinos:
Belém
São Luis
Fortaleza
Natal
João Pessoa
Recife
Maceió
Aracaju
Salvador
Rio de Janeiro
São Paulo
Curitiba
Florianópolis
Porto Alegre
Belo Horizonte
Palmas
Brasília
Porto Velho
Vitoria e Vila Velha
Manaus
Boa Vista
 
Destinos Nacionais
 
Destinos Internacionais
 
Destino dos sonhos
 
Roteiros
 
Bate e Volta
 
Página inicial
 


PIPA

 
Uma pacata vila de pescadores, a pouco mais de 80 quilômetros de Natal, passou séculos despercebida no mapa. Nos final dos anos 70, porém, os surfistas descobriram as ondas de Pipa e colocaram o povoado na rota dos turistas nacionais e estrangeiros. De lá pra cá, a então rústica praia e o povoado vizinho - Tibau do Sul, que fica a apenas oito quilômetros -, ganharam pousadas aconchegantes, restaurantes com sotaques diversos e bares que fazem a vida noturna de Pipa pulsar forte não só na alta temporada.
O cenário privilegiado – emoldurado por falésias gigantescas – abriga praias para todos os gostos: com e sem ondas, com e sem agito, com e sem barraca, com e sem pessoas... A beleza, que reúne águas transparentes e areia fofa e branquinha, porém, é marca registrada em todas elas, em especial na chamada Baía dos Golfinhos, formada por Madeiros e Curral, onde os mamíferos costumam dar o ar da graça de manhã e à tardinha. Já na praia dos Amores, uma das mais concorridas da região, o astral dos frequentadores faz a fama do local.
Algumas praias são acessíveis a pé. Outras, exigem fazer um passeio de bugue ou de barco – é o caso de Guaraíras, em Tibau do Sul; e da selvagem Sagi, na vila de Baía Formosa. Nos tours marítimos, com sorte, o bônus pode ser nadar ao lado dos golfinhos. Já sobre quadro rodas, chegar à divisa com o estado da Paraíba não é nada complicado. Em ambos os percursos, as paradas para saborear os frutos do mar da região são obrigatórias.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todas as fotos deste site  são de autoria de Antonio Alberto Q. Castro (Cidade de Tucuruí).